Escrevo pra poder voar

Home  >>  categoria  >>  Escrevo pra poder voar

Escrevo pra poder voar

17
jan,2012

2

O dom da escrita é a asa super potente que Deus deu ao ser humano.

Escrevo para não matar os sonhos e as pessoas em mim e pra fazê-los renascer também. E pra matar um pouquinho de mim e fazer renascer outro tanto.
Escrevo porque meu amor precisa de peito. As letras são o sangue bombardeando meu coração através dos olhos alheio. Escrevo porque meu corpo precisa de colo.
Escrevo porque preciso voar. Voo através das palavras pra beijar os que amo, pra escapar dos que machucam. Minhas asas crescem e desempenam quando meus dedos deslizam e deduram minha alma. Escrevo pra eternizar os sentimentos. Pra tatuar lembranças, pra alimentar o oxigênio da minha velhice.
Escrevo pra lembrar, relembrar, esquecer, remoer, curar, ferir, fortalecer.
Escrevo porque meu corpo é pequeno e há um mundo em mim.
Escrevo porque as palavras são o céu onde posso voar sem limites, ou fim.
Vivo, escrevo, voo, repouso, guardo e torno viver.
Sou cativa livre, porque escrevo.

Camila Lourenço

Texto inspirado e com a primeira frase parafraseada da frase “Tuito pra não matar as pessoas”, de Alícia Roncero.

Marcus Natir disse:

E o que nos restas se não nossa escrita? Seu texto ficou excelente garota! Parabéns!

Alicia disse:

que lindo, camila!
escrevo em 140 caracteres pra não matar as pessoas
escrevo em quantos-carcteres-eu-bem-entender pra ressuscitar partes de mim.