Livre

Home  >>  sons-do-coracao  >>  Livre

Livre

11
set,2017

0

“Eu não sou mais escrava do medo.

Eu sou filha de Deus.”

|Fernandinho|

O vento ainda sopra forte lá fora. Carros voaram, o chão se abriu. Choveram facas e eu senti uma a uma entrar em mim. Minha casa se tornou o olho do furacão. E no olho do Furacão há sempre dois companheiros a esperar: o medo e o desânimo.

Numa realidade onde até olhar pra fora causa pavor, sair e andar não parece opção.

Quase consigo ver o zunido do medo entrando em minha alma, percorrendo minha coluna e saindo pelo arrepio. E consigo notar que quando o medo e o caos são maiores do que a força, o sobrenatural acontece.

Me despindo da necessidade de ser forte, me rendi a Ele e agora já não sinto mais o chão sob os pés. Ele começou andar no meio do furacão e em Seu colo posso senti-Lo caminhar por mim.