Minha dose de loucura

Home  >>  categoria  >>  Minha dose de loucura

Minha dose de loucura

24
fev,2011

3

Tudo errado e certo. Em excesso e em falta.

Falta ar, sobra ansiedade. Falta juizo, sobra medo.
E meu estômago revira pelo avesso. E esse turbilhão começa ser meu beijo de bom dia e o banho pra dormir. E caminho a passos largos para o precipício. Sem proteção, despida, tremendo e com uma única certeza: eu vou saltar! (Acho que já saltei.)
O depois? Vai saber…
Talvez passe essa agonia de esquecer de não lembrar. Talvez não.
Talvez a vontade morra com a queda, ou talvez o vento a conquiste de uma tal forma que ela decida ficar e aumentar.
Uma soma de possiblidades. Uma diminuição da minha sanidade.
E do resto, eu não sei.
O que sei é que mesmo sendo “mal” você me faz bem. E disso eu tenho mais medo do que do abismo.
Camila Lourenço
Cáh disse:

É cá…. falta juizo mesmo!!! hahaha…

Uma hora dará certo, de não mais pensar, não mais lembrar, não mais incomodar, a gente só precisa aprender a lidar com o tempo

beijo

A.S. disse:

A vida é para ser vivida intensamente e só quem ousa desfrutar de todas as sensações sem medos ou complexos o consegue! Todos temos asas, mas muito poucos arriscam alçar o primeiro voo!!!
Não é por acaso que as mais belas flores nascem junto dos abismos!…

Beijos meus,
AL

Alexsandro Lorenço disse:

Olá Cacá!

Muito bom…é isso mesmo as vezes por medo de arriscar deixamos para traz coisas boa para trás..coisas ruins também talvez..mas como saber sem experimentá-las e ainda pior aquela duvida de como seria se eu tivesse atravessado aquela ponte?o que teria do outro lado a me esperar?perguntas essas que ficaram na eterna duvida..

Um beijo grande no seu coração a até o próximo texto.

Alexsandro ( primo do RJ )