Pedido de hoje

Home  >>  categoria  >>  Pedido de hoje

Pedido de hoje

4
abr,2011

9

De todas as minhas sedes, nenhuma deixa minha boca tão seca quanto a sede dos seus lábios.
E minha boca – e meu corpo – que já estão áridos, precisam urgentemente serem hidratados.
Sem falso pudor, sem meias verdades: Mata minha necessidade!?!
Camila Lourenço

Oi, Camila, boa noite-madrugada!!
Essa necessidade confessada da maior de todas as suas sedes certamente vale uma recompensa, menina. Hidratação é um caso sério quando a sede é de beijo! Esse é um caso do sujeito da oração aparecer e recompensar tamanha sinceridade, tamanha ausência de meias palavras. É o caso de se matar e até afogar a necessidade.
Texto delicioso.
Um beijo carinhoso
Lello

Oluas disse:

Sentindo os Sentidos! + 1 Que Gostei D+… Parabéns Pela Visão Apurada e Suas Lindas Palavras!
Bjo…

Erica Gaião disse:

Camila, querida!

AMEI. Lindo, objetivo e ao mesmo tempo poético!

Obrigada pela sua visita iluminada e pelo lindo comentário!

Beijos,

olha, se fosse pra mim…

um beijo

Cris Cajuína disse:

Ahhhh, e ´tão bom quando nos banhamos nesse rio e saciamos nossa sede.
bjs

olhar disse:

bom, com um convite deste, só se ele for muito bobo de não matar!

beijo,

Bia

Quanta intensidade ! Amei o texto e o blog tbm! Já estou seguindo. bjinhus! VOltarei!

Dona Cor disse:

Seria tão mais simples se tudo fosse dito assim, as claras.
Beijinhos