Sabedoria que o tempo traz

Home  >>  categoria  >>  Sabedoria que o tempo traz

Sabedoria que o tempo traz

24
mar,2011

7
“E quem me vê apanhando da vida, duvida que eu vá revidar…” Chico Buarque

Como disse Shackespeare, com o tempo a gente aprende. Aprende mesmo. Muita coisa.
Aprende que é melhor estar no volante da própria vida que no banco do passageiro.
Que somos fortes não porque nada nos abala, mas sim porque sabemos que temos capacidade de superar o que nos tira o chão.
Aprende a não dar-se por fiado nem fazer desconto pra que levem a nós mesmos, assim, sem merecer. E deixamos de ser generosos e paramos de dar frutos pra quem não planta nenhuma muda sequer.
Com o tempo aprendemos a conviver com os caroços no coração e descobrimos que não iremos morrer se não for a hora. Ou seja, tem coisas que podem doer o tanto que for, que não vão nos matar, e iremos até aprender fazer alguma coisa de útil com aquela dor.
Aprendemos que sentir saudade do que não temos é uma coisa idiota, mas que provavelmente, continuaremos sentindo.
Com o tempo a gente aprende a ser gente com a gente mesmo. E de todos os aprendizados, esse é o mais importante.

Camila Lourenço

(Obrigada Camila Heloise, pela imagem e por tantos aprendizados que me passa por tabela através de seus textos, e Sandrio, pela forma tão carinhosa e protetora com que se referiu a mim em seu blog. À todos que estão sempre passando por aqui, o meu muuuito obrigada!!! Saber esses olhinhos neste espaço me lembra o que é ganhar. Um beijo!)
Cáh disse:

Isto aí, é aprender SEMPRE!!!

não precisa agradecer!

Um beijo dona moça 🙂

Amei esse texto vou levar…rs..bjs querida obrigado pela força..

Alicia disse:

A gente aprende que cair é inevitável, levantar opcional.

olhar disse:

cada vez que venho aqui aprendo…

beijos!

Bia

Erica Gaião disse:

Camila,

Que texto gostoso de ler, viu? A influência Shakespeariana, levou-lhe a uma belíssima reflexão. Com certeza aprendi muito com você, viu?

Parabéns por essa inspiração toda.

Beijos, querida!

Você aprende e tanta coisa aprendemos com a nossa caminhada, tantos são os poemas que inscritos na nossa alma vão se refazendo na nossa realidade, já disse que viver é a maior das dadivas que revebemos seja de Deus(para quem crer) ou da evolução.
Camila você ainda que na distância das tela, faz parte da minha historia como ser humano, com seus textos aprendo muito, com a simplicidade da tuas palavras tão aconchegantes.
Sabe que amizade não é presença fisica, é algo que vai além da minha compreensão de humano, mas sei que nutro uma amizade por ti minha querida.
Gosto da cah também, e sei que em algum poema nossas vidas se entrelaçaram, se tem algo que eu aprendi é que não dá para voltar, obrigado por existir e já não dá pra voltar em nossa amizade,
Que Deus te proteja sempre e se você crer maria também.

Humanizar-se, como o tempo aprendemos a ser humanos, disseste bem camila, por isto a cada dia, mesmo se houver tristeza, eu continuo acreditando que depois da dor sempre pode surgir algo melhor.
beijos