Sobre se permitir

Home  >>  categoria  >>  Sobre se permitir

Sobre se permitir

19
set,2011

7

“Permita a vida, que de tão certa e exata, um dia acaba.”
|Henrique Morgantini|
E de vez em quando entendemos que nos permitir tem muito mais a ver com deixar as mãos abertas quando a decepção tenta nos dominar que sair enchendo a cara e fazendo tudo que rege o impulso.
Que deixar os ouvidos abertos para o mundo significa dar-se a oportunidade de mudar de opinião, e que permitir-se isso (mudar de opinião) não é feio. “Só os mortos nunca mudam de opinião.”
Entendemos que pessoas legais também nos decepcionarão, que ninguém merece nossa noite de insônia e que nossa raiva é totalmente dispensável (em qualquer situação). Nunca vi alguém beber veneno e o resultado acontecer para quem o desejo da morte está sendo dirigido.
Entendemos que ninguém é 100% ruim ou bom, e que as vezes só temos o azar(ou sorte, não sei) de pegar pessoas em frequências ruins.
Que quando nós nos permitimos mil limões e jilós, a vida continua bem a nossa porta oferecendo mil e uma frutas, doces e sabores. E que a escolha de nos contaminarmos com o que de ruim nos acontece foi e sempre será nossa.
De vez em quando, só ligue o “foda-se” e vá ser feliz mesmo.
A tristeza ou a raiva simplesmente não compensam. Simples assim.
Permita as doçuras da vida. Pode ser que o tempo, cansado de tanto insistir, um dia as leve pra longe daqui.
OneRepublic – Secrets
Camila Lourenço
Anonymous disse:

Bem vinda ao Grupo Blogosfera
Adorei aqui, Já fiquei 😉

Te espero no Blog Michele Santti
http://michelesantti.blogspot.com/

Twitter
@MicheleSantti

Luna Sanchez disse:

Manter-se lúcido e não procurar torpor em algo ou alguém sempre será a melhor opção, sim.

Um beijo.

Lilian disse:

tô nesse momento.
Bjs.
Saudade !

Letícia disse:

Sempre lindo o que você escreve Camila!
Muito bom msm. 😀
Beijo, ótima semana! ;*

QUIM disse:

Menina vc tem que lançar um livro..vc tem textos fabulosos..nossa me deixa sempre assim sem ar…bj querida,

Paula Eicke disse:

Sempre bom ler, pensar e ouvir um pouco de voce! Lindooo!