Tentando ao avesso

Home  >>  categoria  >>  Tentando ao avesso

Tentando ao avesso

26
abr,2011

6


De vez em quando eu faço silêncio pra mim. Fico caladinha, com cara de desdém, como quem não quer nada. Minto, na minha omissão de palavras. Minto pra vida. Finjo não estar esperando mais nada, não acreditar mais em nenhuma fantasia. Finjo ser uma boêmia que com pouco ou nada se importa.

Torço, dia após dia, para que a vida me faça morder a língua e me dê, como castigo, tudo quanto eu finjo não acreditar que exista.
Camila Lourenço

Ô minha flor espinhosa…rs! Respondo então, só pra manter o tal contato;Amo quando você passa por aqui!

Um beijo!
MQC!

Mila disse:

MAs é assim, de tanto fingir, a gente passa acreditar na farça e tudo o que não existia mais cedo ou mais tarde passa ser verdade…

Eu gostava do seu velho costume de responder os comentários aqui… Era um jeito de conversa, de contato mais próximo! :/

Beijo

Erica Gaião disse:

Camila!

Não tem jeito, um dia a vida responde e o desejo às vezes acontece. O problema é que o tempo certo dela, não é o mesmo que o nosso.

Beijos

Não tenho mais o costume de responder os comentários aqui. Respondo todos, mas não aqui, mas esses preciso responder: Eu to tentando tapear a vida. Finjo que não acredito nas coisas boas que eu queria que existisse, e torço para que a psicologia reversa aconteça e ela me dê justamente por eu não acreditar.Rs.
Obg meninas, um beijo.

Leni disse:

Quiçá você tenha coragem de enfrentar uma nova vida, cheia de verdades escancaradas.
Faço minhas também, as palavras da Cáh “cuidado com o que desejas’
Beijos

Cáh disse:

‘cuidado com aquilo que você deseja’

Um beijoo Ca