Vamos perdoar nossas contas. Perdoar o montante de amores evitados, afogados em goles de cevada.Amizades espaçadas, apertadas entre distâncias e tempo. Guardar algumas ilusões, por que sim, até mesmo os frios precisam sonhar.
Vamos tirar a roupa bonita do armário e usá-la na tal ocasião importante: agora.
Ajeitemos nossas roupas, cabelo, sorrisos. Como diz um certo ditado por ai, a vida não é muitas vezes a festa que esperávamos, mas há um tanto bom de motivos pra sorrir.
Eu zerei minha conta. Peguei uma comanda nova. Não há mais palavras entaladas na garganta. Cuspi-as todas na última gargalhada que dei.
A festa já começou. Dê-me as mãos e caminhemos para a pista. Está na hora da alegria comandar.
“I gotta felling – The Black Eyed Peas”

Camila Lourenço