“Que, com o passar do tempo, a sua alma se torne cada vez mais maleável, mas que seja firme o bastante para nunca desistir de você.”
|Ana Jácomo|

Coisa difícil essa de não desistir da gente. É desistência que acontece aos poucos, pianinho e sem alarde. São palavras que aprendemos engolir, coisas que por medo, deixamos de viver.
Travo uma batalha invisível comigo todos os dias, que une o que sou, o que quero ser, o que tenho e o que almejo ter, o que sinto, o que posso dizer e o que devo abafar. E entre as cinzas dessa guerra com minha pior inimiga e melhor aliada(eu mesma) levanto assoprando a poeira, com alguns arranhões, segurando firme as mãos entre os seios, olhando para estrada.

O caminho ainda é longo para prosseguir e não é hora de parar. Não agora. Não aqui.
Sigo. Meu bálsamo já está esperando por mim no caminho que já comecei trilhar.

“Eu vou seguir – Marina Elali”

Camila Lourenço