Não, dessa vez eu não quero nenhum som. Esvaziei agora minha playlist.

Não quero também andar mais pelas mesmas ruas.
Estou esvaziando agora meu guarda-roupas e dessa vez, as peças não voltam pra lá.
Não vou assoprar a poeira dos movéis velhos e nem mandar consertar aquelas roupas que eu adorava e já não me dão mais.
Dessa vez eu quero tudo vazio. Tudo silêncio.
Cansei de percorrer a mesma estrada que leva a lugar algum.
Cansei de dançar as mesmas músicas e sentir as mesmas sensações.
Vou me esvaziar para poder me encher.
Vou me esvaziar para voltar ser eu.
Pisar com os pés descalços no chão frio. Sentir o vento bater no corpo desnudo.
Dessa vez, eu vou sem armaduras, sem auto-negação. Dessa vez não vou tentar me proteger.
Tem um arco-íris de sensações nascendo dentro de mim, e dessa vez, eu quero sentir. Sem medo, sem reações pré-estabelecidas, sem roupas previamente escolhidas.
Dessa vez eu vou só e sem nada. Dessa vez vai ser só eu e você, vida.

Camila Lourenço