Não há dureza em mim que resista ao doce toque das suas mãos.

Estou vestida com a roupa mais autêntica de mim, aquela de peito aberto, destemida, pé no chão e coração no céu. Me vesti dela só pra te dizer baixinho, no seu ouvido: “Eu gosto tanto de você que tenho que todos os dias me lembrar de me lembrar de mim.”

“Apenas mais uma de amor – Lulu Santos”
Camila Lourenço