Não tema mais as despedidas.

Será numa delas que você dirá adeus de vez pra prisão dos seus próprios pés e um olá encantado para a vida, a qual, por tantas vezes por medo de soltar os espinhos, do sabor das flores você jamais experimentou.
“Eu te desejo – Flávia Wenceslau”
Camila Lourenço